AVP_Opção-Vegetariana_Botão - material de apoio

 

MATERIAIS DE APOIO

COMO PROCEDER

Conversar diplomaticamente com os responsáveis da cantina ou com a direcção da instituição (escola, universidade, hospital) é sempre a melhor primeira linha de abordagem, de modo a evitar antagonismos que possam criar mais complicações no acesso à opção vegetariana. Se essa via não funcionar, pode-se fazer uso dos meios legais, pois eles estão agora à disposição de todos.

MODELO DE SOLICITAÇÃO DA OPÇÃO VEGETARIANA

No caso das escolas públicas, a DGEstE – Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares, tem previsto uma declaração de interesse ou modelo de solicitação de dietas alternativas, que possibilita ao encarregado de educação solicitar a opção vegetariana para o seu educando. Aceda carregando no botão abaixo.

Declaração de dieta alternativa (escolas)

MODELO DE CARTA DIRIGIDA À INSTITUIÇÃO

O diálogo com a direcção da instituição ou com a entidade gestora da cantina da respectiva instituição pública, é sempre a abordagem recomendável numa primeira ocasião. Pode aceder ao modelo que preparamos aqui.

Modelo de carta à Instituição

MODELO DE DENÚNCIA À ASAE

Em último caso, se não houver possibilidade de estabelecer um diálogo com a instituição, por forma a implementar a opção vegetariana, ou esta recusar-se, poderá efectuar uma denúncia à ASAE, a entidade responsável pela fiscalização e cumprimento da lei nrº 11/2017 – obrigatoriedade da opção vegetariana nas cantinas públicas.

Modelo de denúncia à ASAE