Acerca da Associação Vegetariana Portuguesa

Pela sua Saúde, pelos Animais, pelo Ambiente… Por um Mundo melhor!


 

A Associação Vegetariana Portuguesa (AVP) é uma organização sem fins lucrativos, cujo missão é promover a alimentação vegetariana como um estilo de vida saudável, compassivo e ecologicamente responsável, que visa não só o próprio bem-estar da pessoa, como o bem-estar dos animais e a sustentabilidade do planeta, constituindo assim, uma solução transversal para várias problemáticas e desafios que enfrentamos hoje como sociedade.

 

Promovemos o vegetarianismo e, por extensão, o veganismo como um estilo de vida, assim como quaisquer atitudes e esforços individuais que contribuam para a redução do sofrimento e morte de milhões de animais, para a mitigação do impacto da agropecuária sobre o ambiente, e para erradicação de doenças e promoção do bem-estar humano.

 

A AVP é essencialmente uma organização de cariz educacional e lobista. Levamos a cabo inúmeras campanhas informativas, assim como actividades que visam transformar estruturalmente a sociedade, no sentido da promoção de uma dieta vegetariana e o afastamento progressivo dos alimentos de origem animal.

 

A AVP tem fundamentalmente um âmbito nacional, mas colabora também a nível internacional com organizações de outros países.

 

Se tiver alguma dúvida, contacte-nos!

 

 

Órgãos sociais da AVP


 

DIRECÇÃO

Presidente: Nuno Alvim

Vice-presidente: Nuno Metello

Tesoureiro: Luís Ferreira

Nutricionista: Darchite Kantelal

Designer: Inês Pessoa

 


 

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

Presidente: Sónia Zacarias

Vice-presidente: Filipa Calisto

Secretário: Ricardo Morais-Pequeno

 


 

CONSELHO FISCAL

Presidente: Nuno Barros

Vice-presidente: Rita Vicente

Relator: Sofia Vieira

 

A Posição da AVP


 

A Associação Vegetariana Portuguesa recomenda uma alimentação de base vegetariana, isenta de quaisquer ingredientes de origem animal, por considerar que esta alcança de forma mais completa os benefícios para a saúde humana, a missão de reduzir o impacto sobre o bem-estar animal e humano, e a redução do impacto sobre os ecossistemas.

 

Não obstante, representa também todos aqueles que pratiquem outro regime de alimentação do tipo vegetariano e fornece apoio à transição gradual entre regimes de alimentação.

 

 Princípios


1. Reducionismo: promovemos uma mudança de estilo de alimentação, seja ela total ou gradual, encorajando qualquer alteração com impacto positivo no bem-estar humano, animal e ecológico.

 

2. Pragmatismo: valorizamos a eficácia, optando por abordagens práticas que demonstrem resultados positivos, indo ao encontro da nossa missão.

 

3. Ética: incentivamos sempre no sentido de uma evolução crescente em direcção a uma alimentação estritamente vegetariana, que considere a extensão de todas as problemáticas que endereçamos.

 

4. Rigor científico: a nossa abordagem é pautada pelo conhecimento cientificamente validado e preferencialmente de base empírica, valorizando-se a fidedignidade e rigor dos dados.

 

Estatutos da AVP


Regulamento Interno da AVP