Há um campo de surf vegan em Portugal que te permite comer comida à base de plantas e surfer as ondas por sete dias inteiros. O Green Waves é um retiro de surf localizado no Baleal, uma pequena ilha a norte de Peniche. Este é gerido por Miguel e Alina, um duo marido e mulher com uma paixão pelo ar livre e por comida saudável à base de plantas.

O Green Waves inclui sete noites de acomodação, sete pequenos-almoços (ou sete pequenos-almoços e jantares, dependendo do pacote selecionado), e aulas de surf e yoga. Os hóspedes podem também disfrutar de noites de cinema, jogos de tabuleiro, conversas sobre nutrição, sessões de exercício, e viajas diurnas a Óbidos, onde podem subir paredes de castelos e experimentar o tradicional licor de cereja, e as Ilhas Berlengas, onde podem viajar de barco à volta da ilha abandonada e explorar caves escondidas. Se o tempo estiver demasiado tempestivo, os hóspedes irão trocar a sua visita às Ilhas Berlengas por uma visita a Nazaré, que é a casa da “maior onda alguma vez surfada” – com cerca de 25 metros de altura.

Miguel e Alina só aceitam quatro pessoas por retiro para que a Green Waves se mantenha uma experiência pessoal e significativa.

De acordo com Miguel, criar a Green Waves foi uma forma para que ele e Alina pudessem seguir a sua paixão. Falando com a LIVEKINDLY, ele disse, “Nós deixamos grandes cidades e viemos viver na pequena cidade de Baleal, Peniche, à procura de grandes ondas para surfar, paz, e natureza.” No website da Green Waves, o casal nomeia Portugal o “melhor destino na Europa.”

 

“O nosso amor em comum pela comida vegan, surfar, e este lugar levou-nos a criar este retiro para pessoas como nós, à procura de umas férias calmas e relaxantes em que não terão de cozinhar para si próprios, onde podem se sentar e relaxar por uma semana inteira de mindfulness, surf, comida saudável, e exploração de si próprios e do que os rodeia”

Os hóspedes podem disfrutar de pratos como omelete vegan e asas de frango de fritas à base de plantas na Green Waves. “Depois de bastante tempo a descobrir e experimentar receitas e melhorá-las, decidimos partilhar isso com o público,” disse Miguel.

O veganismo é a espinha dorsal do retiro, de acordo com o entusiasta do fitness. “O veganismo está nas nossas vidas há muitos anos e através desta experiência de auto-descoberta apercebemo-nos de que vegan ou à base de plantas não significa que é apenas saudável e fantástico para o ambiente e os animais, mas também é extremamente saboroso,” disse Miguel.

Para além de boa comida e uma semana relaxante, o casal promete pores-do-sol deslumbrantes, trilhos de caminhada de tirar o fôlego, e a oportunidade para descobrir o “maravilhoso mundo do surd” lado a lado com dois “amantes do oceano e do surf.”

Artigo original:https://www.livekindly.co/this-surf-camp-in-portugal-is-100-vegan/