03 Fev Facebook disponibiliza educação sobre nutrição vegetariana aos seus funcionários através de uma comunidade vegana

Soube-se recentemente que a Google tem abraçado o movimento vegan. A empresa não só lançou uma nova série de YouTube “Talks at Google” em que teve como convidados especiais Kip Anderson, o codiretor do documentário What the Health, e o Dr. Joel Kahn, cardiologista vegetariano, como também tem trabalhado no sentido de disponibilizar mais opções veganas para os almoços dos trabalhadores.

A Google não é a única companhia de tecnologia a abraçar a dieta vegana. No Facebook também existe um grupo vegetariano desde 2016, fundado por uma das suas engenheiras de software, Phaedra Anestassia. A engenheira referiu que começou o grupo pois notou uma mudança nos seus colegas, “assisti a um interesse crescente na empresa por uma alimentação mais saudável e por desenvolvimentos sustentáveis”. Acrescentou ainda que “quis criar uma comunidade em torno de estilos de vida mais saudáveis, sustentáveis e conscientes… acabámos por convidar oradores muito rapidamente… convidámos investigadores em nutrição e longevidade, empresários da área alimentar, cientistas climáticos, produtores de documentários, médicos, especialistas em saúde pública e muito mais. Também incluímos comida gratuita e deliciosa e oferecemos presentes como livros de culinária e de investigação, possibilidade de convívio com diretores de filmes, e vales para produtos.”

Nem todas as empresas têm os mesmos recursos que grandes companhias como a Google ou o Facebook. No entanto, se for vegan ou simplesmente quiser adotar uma dieta maioritariamente de base vegetal, criar um grupo de apoio no trabalho, onde poderão falar sobre alimentação e partilhar comida e receitas, é uma forma muito útil e inclusiva de alcançar esse objetivo.

Artigo original: https://www.livekindly.co/vegan-community-facebook/
Autoria: Charlotte Pointing
Tradução: Mafalda Chambino

Sem comentários

Comenta

%d bloggers like this: