04 Mai Mercado de alimentação vegetariana em Portugal aumentou 514% nos últimos dez anos

De acordo com dados recolhidos e analisados pela Associação Vegetariana Portuguesa, e fornecidos pela empresa HappyCow, o mercado de alimentação vegetariana e vegana em Portugal aumentou 514% nos últimos dez anos, entre 2008 e 2018, o que representa uma clara adaptação à explosão da procura que se tem verificado por todo o país. Em 2008 seriam apenas 28 as lojas e/ou restaurantes com esta vertente, e em 2018 já eram pelo menos 172 estabelecimentos.

Portugal tem assistido a um incrível crescimento da tendência vegetariana e vegana, que parece ser um fenómeno transversal a toda a Europa. Em 2017, ficamos a saber que cerca de 120.000 pessoas seguem uma alimentação vegetariana, das quais pelo menos 60.000 serão veganas. E cada vez mais, as grandes zonas turísticas de Portugal, seja o Porto, Lisboa ou Algarve, são procuradas por turistas não só pelas suas atracções e gastronomia tradicional, mas cada vez mais, pelo número crescente de restaurantes vegetarianos e/ou veganos que se encontram nestas cidades, e que vão ao encontro do seu estilo de vida.

No entanto, apesar de ser evidente para quem é frequentador de supermercados ou restaurantes que a oferta aumentou imenso nos últimos anos, não existiam até hoje métricas para esse crescimento em Portugal.

Este novo estudo investigou também as duas tendências de mercado, a do vegetarianismo e do veganismo, individualmente. O número de estabelecimentos vegetarianos, sejam restaurantes ou lojas, aumentou 323% no período compreendido entre 2008 e 2018, ao passo que o número de estabelecimentos veganos aumentou ainda mais consideravelmente, em cerca de 3000%.

 

O maior crescimento verificou-se a partir de 2015 e, em particular, entre 2016 e 2017, período durante o qual abriram pelo menos 57 novos estabelecimentos em todo o país. Actualmente existem pelo menos 110 restaurantes e/ou lojas vegetarianas abertas, e 62 restaurantes e/ou lojas veganas. Já em 2018 abriram vários estabelecimentos e a previsão é que continue a aumentar de ano para ano.

O estudo completo e respectivos dados podem ser obtidos aqui.

 

____________________________________________

Estudo desenvolvido com o apoio da HappyCow. 4 de Maio de 2018.

 

 

 

 

Sem comentários

Comenta