Apesar de, no passado ano, ter encerrado quase duas dúzias de restaurantes, o chef celebridade Jamie Oliver não mostra sinais de querer parar. Ainda este mês de Setembro, irá estrear um novo programa de cozinha – “Jamie’s Meat-Free Meals” – no Channel 4.

Oliver afirmou ao jornal The Sun que, embora adore comer carne e peixe, está constantemente a aprimorar o seu trabalho com os vegetais, cozinhando para si e para a sua família. “Acho que todos sabemos que comer e cozinhar mais vegetais é positivo para nós e para o nosso planeta”, disse o chef.

 

 

Colocar rótulos nas nossas preferências alimentares é assustador. Já há muitas coisas que nos dividem e penso que a comida não deve ser uma delas

 

O chef já trabalhou com o Channel 4 quando realizou juntamente com o canal inglês o seu programa “Jamie’s Quick & Easy Food”. O Channel 4 também irá dar destaque ao chef inglês no documentário “20 Years of the Naked Chef: Jamie Bares All”, baseado no primeiro livro de receitas de Oliver “The Naked Chef”. Este documentário abordará também a ascensão e queda dos restaurantes de Jamie.

Este novo programa surge devido ao facto de Jamie Oliver estar cada vez mais mergulhado na culinária de base vegetal. Oliver sempre foi um grande defensor do consumo de vegetais e isto marca a sua primeira incursão na culinária vegetariana. O novo programa chega logo após o seu último livro de receitas, “Veg” que foi lançado no final do mês de Agosto. É o primeiro livro de Oliver a concentrar-se apenas em refeições de base vegetal.

 

VEG – O LIVRO

 

“As receitas são uma compilação de vários alimentos e refeições que adoro fazer em casa com a minha esposa e filhos. Todas elas são perfeitas para qualquer livro de receitas: são pratos cheios de sabor, que me dão energia, conforto e que me completam.”, disse Oliver ao Daily Mail.

“No topo de cada receita existem informações iniciais sobre nutrição de forma a que o leitor possa fazer escolhas rápidas e informadas. Além disso, tem algumas dicas extra sobre como gosto de apresentar os pratos, e sobre formas de ajustar as receitas para que seja possível incluir mais variedade de vegetais bonitos.”

Jamie afirma também que evita rótulos de dietas e preferências alimentares. “Colocar rótulos nas nossas preferências alimentares é assustador. Já há muitas coisas que nos dividem e penso que a comida não deve ser uma delas, mas o que é facto é que o é. Na minha opinião, se é bom, é bom. Cada individuo está a viver uma jornada gastronómica e cada um encontra-se em níveis diferentes e isso não tem mal nenhum!”

 

As receitas são uma compilação de vários alimentos e refeições que adoro fazer em casa com a minha esposa e filhos. Todas elas são perfeitas para qualquer livro de receitas: são pratos cheios de sabor, que me dão energia, conforto e que me completam.

 

Oliver afirmou também que gosta muito de cozinhar para o novo primeiro ministro britânico, Boris Johnson, que também segue uma dieta vegan, influência da sua namorada Carrie Symonds, uma conhecida activista ambiental.

Quando comecei a fazer o programa School Dinners acredito que Boris Johnson era contra o progresso e recordo-me de ele ter afirmado algo como: “Dêem-lhes tartes!”. Eu dava-lhe uma tarte, sem problema nenhum, uma adorável tarte vegetariana!”

 

Artigo original: https://www.livekindly.co/jamie-oliver-meat-free-meals-cooking-show-channel-4/