É uma óptima altura para ser vegan. Um aumento global do veganismo é inegável. Com uma procura cada vez maior por alimentos vegan, existem alternativas de base vegetal para quase qualquer tipo de alimento que possas imaginar. Viagens vegan ficaram mais fáceis, já que restaurantes veganos podem ser encontrados em praticamente todos os países. Voar ficou ainda mais fácil para os vegans nos últimos anos. No entanto, algumas situações complicadas ainda podem aparecer para vegans em viagem. Da próxima vez que te estiveres a preparar para um voo, considera se estas estratégias podem facilitar a tua viagem.

 

Solicita uma refeição vegan com 24 horas de antecedência

Se fores fazer um voo internacional ou um voo de longo curso, onde refeições são servidas, liga para a companhia aérea com pelo menos 24 horas de antecedência para solicitar uma refeição vegana. Por exemplo, se voares com a TAP, eles disponibilizam refeições especiais de forma gratuita para responder a diferentes necessidades. Podes fazer o pedido de refeição especial aquando da reserva do voo e com uma antecedência mínima de 24 horas, ao balcão, online no Contact Center ou através do agente de viagens. Relembra a equipa de bordo da tua escolha de refeição aquando do embarque.

Algumas companhias aéreas que também têm refeições vegan são Ryanair, Easyjet, Virgin Atlantic, British Airways, Continental Airlines, Avianca, Turkish, Emirates, e Qatar Airways. Podes ver mais como voar vegan no site da Fly Vegan.

 

Senta-te perto da frente do avião quando possível

Muitas vezes, snacks e refeições veganas são mais populares entre os omnívoros do que as opções com subprodutos animais. As companhias aéreas nem sempre têm o suficiente para todos os passageiros, de modo que pode acabar por perder refeições se ficarem sem opções vegan antes de chegarem até ti. Quando possível, escolhe um assento perto da frente para garantir que estarás entre os primeiros passageiros a fazer a seleção de comida.

 

Leva os teus próprios snacks

Embora snacks vegan estejam disponíveis na maioria dos aeroportos e em muitos voos, as suas opções podem ser bastante limitadas. É mais seguro se levares os teus snacks favoritos. Tem em mente no entanto que a Transportation Security Administration informa que apenas alimentos sólidos (sem líquidos ou géis) devem estar na tua bagagem de mão. Alguns snacks veganos convenientes que são ideais para um voo incluem:

  • Frutos secos como passas em caixas pequenas e fáceis de embalar
  • Vegetais picados e crus
  • Bolachinhas e salgados
  • Chips de Vegetais
  • Barras de granola
  • Barras doces vegan

 

Evite levar alguma coisa com frutos secos tipo nozes no avião no caso de alguém com uma alergia a amendoins, por exemplo, estar a bordo.

 

Criar um plano para jantares

Quando temos de fazer uma longa espera pelo voo de conexão, desfrutar de uma boa refeição pode ser um deleite. Confere as opções veganas no aeroporto em que fizeres a tua layover. Caso contrário, podes perder o teu tempo a caminhar por vários restaurantes e encontrar opções insatisfatórias no menu.

Alguns aeroportos têm restaurantes vegan, enquanto a maioria tem pelo menos alguns com opções veganas. O Aeroporto Internacional de Los Angeles (LAX) tem um restaurante 100% vegan chamado Real Food Daily no terminal 4. O Aeroporto Internacional de São Francisco (SFO) tem o The Plant Café, que tem uma variedade de opções que são rotuladas como vegan. O Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson de Atlanta (ATL) tem uma variedade de restaurantes veganos, como o Nature’s Table no Concourse E, onde podes comer sopa e chili vegan e saladas.

 

Artigo adaptado de: https://www.forbes.com/sites/robinraven/2019/06/28/tips-for-flying-as-a-vegan/#46934cfe44fd