Será que uma alimentação vegetariana é mais cara?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Será mesmo mais caro?

Falemos de factos, cada vez somos mais a pensar em optar por uma dieta vegetariana. Por esta altura, um grupo cada vez maior de pessoas já admite que se trata de uma dieta mais saudável, mais ética e que nos permite diminuir, e muito, a nossa pegada ecológica, sendo assim uma forma de ajudar o nosso planeta a “respirar” melhor.

Outro facto é que, quando se começa a pensar em cortar com o consumo de carne e peixe no nosso dia a dia, muitas pessoas ainda acham que optar pelo vegetarianismo vai fazer com que se gaste mais dinheiro. Esta ideia é inclusivamente apontada como uma das principais desvantagens em mudar de dieta.

Ainda outro facto é que esta ideia não é um facto. Na realidade, as refeições vegetarianas podem mesmo ser mais económicas e o custo dos alimentos proteicos vegetarianos é normalmente inferior ao da carne e do peixe. Só têm de saber escolher.

Não acreditam? Então acompanhem-nos.

Vamos deixar algumas dicas e exemplos para vos ajudar a compreender melhor e a fazer escolhas mais conscientes, que vos permitam poupar dinheiro.

E o que comer?

Quando damos o “salto” de deixar para trás os produtos de origem animal e optamos apenas por produtos de origem vegetal damos por nós a pensar: “ok e agora?”. Estamos tão habituados ao peixe e à carne que nem nos lembramos de todos os outros alimentos do reino vegetal que a terra gentilmente nos oferece.

Leiam, pesquisam, estudem. Tentem compreender de acordo com os vossos gostos, quais as melhores fontes de proteína para o vosso organismo e diversifiquem. Diversificar é a palavra de ordem.

Muitas pessoas ainda acham que optar pelo vegetarianismo vai fazer com que se gaste mais dinheiro

Vegetais, frutas, leguminosas, sementes, oleaginosas, cereais, ervas aromáticas, azeite e especiarias, são alimentos que devem ter sempre à mão de maneira a terem uma alimentação equilibrada e a não caírem na tentação de sair de casa para comer.

As alternativas como o seitan, o tofu e o tempeh também podem e devem fazer parte da lista de compras, mas tenham atenção que alguns podem encarecer a conta. São ricos em proteína, mas podem facilmente ser substituídos pelas leguminosas.

Como fazer compras económicas?

Ir às compras pode ser uma tarefa complicada para quem está agora a dar os primeiros passos na dieta vegetariana, mas acreditem, não há nada a temer.

O truque é irem focados.

Algumas dicas práticas!

  • Vão às compras com calma e sem fome. Se forem às compras com pressa e de barriga vazia, vão acabar por comprar produtos que não precisam e mais caros. Com mais calma, evitam gastos desnecessários e desperdícios.
  • Prefiram legumes e fruta da época. Imprimam um calendário de fruta e legumes da época e tenham-no sempre à mão na vossa cozinha. Estes produtos são mais baratos e como a maturação é a ideal, são mais frescos, mais saborosos e claro, mais nutritivos.
  • Sempre que vos for possível, prefiram comprar a granel. Comprando apenas a quantidade que necessitam evitam desperdícios: alimentar e claro, económico.
  • Evitem comprar alimentos pré-feitos como as salsichas de soja, hambúrgueres, almondegas, etc. São alimentos mais caros e sendo muito processados, são pouco saudáveis e nada necessários para o vosso dia a dia.
  • Escolham cozinhar em casa, façam os vossos próprios hambúrgueres e congelem. Terão sempre essa opção mais saudável à mão. Poupam dinheiro e poupam a vossa saúde. Experimentem também fazer os vossos próprios leites vegetais. Ficam deliciosos e muito mais baratos.
  • Há ainda a questão dos suplementos alimentares. É verdade que, quem segue um regime 100% vegetal poderá ter de tomar alguns suplementos, nomeadamente de B12, mas não se preocupem, são habitualmente suplementos baratos. No entanto, para evitar estas carências, antes de escolherem a toma de suplementos, optem por comprar alimentos enriquecidos em vitamina B12.

Comparamos a lista de compras “omnínovra” com a vegetariana

Bom, estes são alguns conselhos que temos a certeza vos vão ajudar a poupar dinheiro. Mas antes de terminarmos, vamos comparar duas listas de compras, criadas por nós.

Ambas as listas – uma vegetariana e outra omnívora – mantém as quantidades e qualidades de fruta e legumes e apenas alterámos algumas fontes de proteína e os leites e iogurtes – de origem vegetal para animal e considerando a carne de aves como uma opção mais saudável.

Ler mais
O que é importante ter numa despensa?

Depois encontrámos o preço médio de vários alimentos fazendo uma pesquisa em vários supermercados (aquando da realização deste artigo).

NOTA: nas listas incluímos leites vegetais já preparados e leguminosas enlatadas ou em frasco, mas aconselhamos sempre a que cozam as vossas leguminosas em casa e que preparem os vossos leites vegetais.

Lista de compras 100% vegetal

Feijão vermelho enlatado (830 gr.) – 0,95€

Grão de frasco (540 gr.) – 0,53€

Lentilhas Verdes secas (500gr) – 1,30€

Ervilhas congeladas (1 kg.)– 1,09€

Arroz integral (1kg) – 1,35€

Flocos de Aveia Fina (400 gr.)– 0,65€

Leite de Soja – (4 lts.) = 4,00€

Azeite Virgem – (750 ml)– 2,90€

Iogurtes Naturais de Soja – (4 x 100 gr.) – 1,50€

Sementes de linhaça – (250 gr. a granel) – 0,65€

Sementes de girassol – (200 gr.) – 0,90€

Metades de Noz – (250 gr.) – 3€

Tofu Fresco – (500 gr.) – 2€

Seitan – (500 gr.) – 2,50 €

Soja texturizada granulada (400 gr.) – 1,20€

Manteiga de Amendoim – (340 gr.) – 1,85€

Bananas (1 kg.) – 0,99€

Tomate (1 kg.) – 1,25€

Brócolos (300 gr.) – 1€

Cenouras (1 kg.) – 0,75€

Laranjas (1 kg.) – 0,85€

Espinafres (200 gr.) – 1,30€

Couve Lombarda (1 kg.) – 1€

Batata Doce (1kg.) – 1,30€

Alho francês cortado/congelado (750 gr.) – 0,90€

Batata (saco 3 kg.) – 2,50€

Cogumelos Brancos (300 gr.) – 1,60€

Maçã (1 kg.) – 1,45€

Beterraba (400gr.) – 0,87€

TOTAL: 42,06€

Lista de compras “omnívora”

Feijão vermelho enlatado (830 gr.) – 0,95€

Grão de frasco (540 gr.) – 0,53€

Pescada para cozer congelada (600gr.) – 5,72€

Arroz (1 kg.) – Auchan – 0,60€

Flocos de Aveia (400 gr.) – 0,65€

Leite Meio gordo – (4 lts.) –  2,40€

Azeite Virgem – (750 ml.) – Continente – 2,90€

Iogurtes Naturais – (4 x 100 gr.) – Continente – 1,20€

Fiambre de Perú – (180 gr.) – 1,85€

Metades de Noz – 250 gr. – 3€

Queijo Flamengo Fatias – (250 gr.) – 1,60€

Peito de frango (500 gr.) – 3,50€

Bifes de Perú (500 gr.) – 3,00€

Carne de Aves picada (400 gr.) – 2,95€

Ovos (1/2 dúzia) – 1,30€

Bananas (1 kg.) – 0,99€

Tomate (1 kg.) – 1,25€

Brócolos (300 gr.) – 1€

Cenouras (1 kg.) – 0,75€

Laranjas (1 kg.) – 0,85€

Espinafres (200 gr.) – 1,30€

Couve Lombarda (1 kg.) – Auchan – 1€

Batata Doce (1 kg.) – 1,30€

Alho francês cortado/congelado (750 gr.) – 0,90€

Batata (saco 3 kg) – 2,50€

Maçã (1 kg.) – 1,45€

Beterraba (400gr.) – 0,87€

TOTAL: 46,31€

Ao analisar as listas, podemos observar que as principais proteínas, – no regime omnívoro: a carne, o peixe, queijos e iogurtes, no regime vegetariano: as leguminosas, as oleaginosas ou os substitutos como tofu e seitan – têm um custo mais elevado na lista omnívora, tornando-a assim um pouco mais dispendiosa.

A diferença entre totais na realidade não é grande, mas depois desta análise é fácil de compreender que os custos dos alimentos numa dieta vegetariana não são, de todo, maiores e portanto, o argumento: “não sou vegetariano porque fica mais caro.” não deve ser utilizado como desculpa para não se atirarem de cabeça nesta nova aventura.

0

Despesa Média no Carrinho de Compras Omnívoro
0

Despesa Média no Carrinho de Compras Vegetariano

Cozinhem em casa, diversifiquem, façam experiências, apaixonem-se pelos sabores, encham os vossos pratos de cor e textura, usem e abusem das leguminosas, das oleaginosas, das sementes, das especiarias e das ervas aromáticas.

A terra dá-nos tudo o que precisamos, de forma compassiva, natural e a um custo muito reduzido. Façam desta a vossa resolução de Ano Novo. Temos a certeza que não se vão arrepender.

Não é só uma alimentação vegetariana que te proporciona uma vida de qualidade! A Acountia também! Uma empresa com 22 anos de experiência em contabilidade e apoio à gestão em Portugal, e com mais de 3000 clientes satisfeitos. São os orgulhosos patrocinadores deste artigo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Este artigo foi útil?

Considera fazer um pequeno donativo!

A AVP é uma organização sem fins lucrativos. Ao fazeres um donativo, estarás a ajudar-nos a desenvolver o nosso trabalho em prol dos animais, da sustentabilidade e da saúde humana. Muito obrigado!       

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreve a Newsletter!

Subscreve

a Newsletter

Não percas um grão do que se passa!