RankingVeg 2021: Auchan e Aldi são líderes da oferta vegan em Portugal

Novo estudo RankingVeg 2021: Auchan e Aldi são as empresas de retalho alimentar que lideram a oferta de produtos veganos, de acordo com análise da Associação Vegetariana Portuguesa.
Auchan e Aldi são lideres na oferta vegan em Portugal

Partilha este artigo:

Auchan e Aldi são as empresas de retalho alimentar que lideram a oferta de produtos veganos, de acordo com uma análise da Associação Vegetariana Portuguesa.

Uma mudança de paradigma na alimentação dos portugueses

Outrora considerada como uma noção um tanto marginal, a ideia de eliminar ou reduzir produtos de origem animal das nossas dietas alimentares tem vindo a tornar-se cada vez mais estabelecida na sociedade.

Este novo paradigma alimentar faz com que seja cada vez mais notória a procura por alternativas alimentares de origem vegetal por parte da população portuguesa. Um estudo de 2017 revelou que o número de vegetarianos quadruplicou em apenas dez anos. Esta alimentação tem ganho cada vez mais adeptos nos últimos anos, e de acordo com a consultora Lantern, o número de pessoas que se identifica como flexitariana, ou seja, que procura reduzir o consumo de carne e outros produtos de origem animal, representa cerca de 7,4% da população portuguesa, e é um dos que mais tem contribuído para o aumento da procura de produtos vegetarianos (veganos) no mercado.

Um Ranking dos Supermercados Portugueses com maior Oferta Vegana: como surgiu o RankingVeg?

Faltava então perceber melhor como é que o sector do retalho alimentar (i.e. supermercados, hipermercados) se posiciona em relação a este segmento de produtos, e qual a percepção dos consumidores sobre a oferta, pelo que realizar-se um estudo a nível nacional revelou-se imprescindível.

Assim nasceu o projecto RankingVeg, criado pela Associação Vegetariana Portuguesa, em parceria com a organização alemã Albert Schweitzer Foundation, a qual desenvolveu e disponibilizou uma ferramenta padronizada para classificar os retalhistas alimentares com base na sua oferta de produtos veganos. 

Esta metodologia, que já foi aplicada em diversos países europeus, oferece a possibilidade de melhor informar os consumidores sobre a oferta vegana disponível nos supermercados, e em simultâneo permite às empresas neste sector conhecerem o seu posicionamento no mercado, para que assim possam ajustar a sua oferta e ir ao encontro das necessidades dos consumidores. 

Como foi feito o estudo: os retalhistas incluídos, as localidades e os critérios de avaliação

Os retalhistas incluídos neste estudo foram a Aldi, a Auchan, o Continente, o Intermarché, o Lidl, o Minipreço e o Mercadona. A escolha destes retalhistas baseou-se no facto de serem os mais bem representados em território nacional. A empresa Jerónimo Martins (Pingo Doce), uma das maiores neste sector, recusou-se a participar neste estudo.

Para a elaboração deste ranking decidimos efetuar uma distinção entre diferentes categorias de retalhistas. Para além de um ranking geral com todos os retalhistas, apresentamos também separadamente um ranking de retalhistas na categoria discounters, que são superfícies comerciais de menor dimensão, e um ranking de retalhistas na categoria supermercados/hipermercados, usualmente de maior dimensão.

Os dados relativos à oferta de produtos veganos disponíveis nas lojas foram recolhidos entre Maio e Junho de 2021, com o apoio de cerca de 30 colaboradores que visitaram um total de 35 lojas (5 lojas por retalhista), distribuídas a nível nacional, sendo que foram selecionadas localidades em função da sua densidade populacional.

Para efeito de classificação dos retalhistas, foram tidos em conta os seguintes factores de cálculo

  • o número de produtos veganos disponíveis, dentro das categorias relevantes (por exemplo, alternativas à carne, ao leite, e aos ovos); e 
  • comunicação promocional feita a esses produtos.

O RankingVeg: resultados

O hipermercado Auchan, uma multinacional de origem francesa, é aquele que melhor se posiciona no mercado português relativamente à oferta de produtos veganos, seguido das lojas Continente, e da Aldi, em segundo e terceiro lugar, respetivamente. 

Estes resultados coincidem de certa forma com o inquérito aos consumidores, onde também estas 3 empresas figuram no topo dos retalhistas preferidos dos portugueses.

GtEmZXYonX4Csh2nptX9ImyewAh2DzmjKVqDxHeO0YnZugB4BGOOOR6j xThMJcJ32c4vseVdn3a7GZY1JY QGe2L fXl0Jl1oIo6emN 4c LM4Y ddYf9iid27AlukEHIIZUrU9=s0

Se tivermos em consideração a categoria discounter, em que incluímos os retalhistas de menor dimensão, a Aldi é a melhor posicionada, seguida do Lidl. De todos os participantes do ranking (incluindo os hipermercados e supermercados), a Aldi foi quem conseguiu melhor pontuação em termos de certificação vegan e também ao nível do factor de marketing e da comunicação.

E69d NUfK2j4lXHFi5ABwwRr6dXgyxViZ1FpRtokxlTHCWljGR3EZtLi2Kt3as0ZThGfYzVX1SqRhaUNeHVAvrzs

De maneira geral, foi possível constatar que a produção e comercialização de produtos veganos em Portugal encontra-se num estado ainda embrionário, comparativamente com outros países, e que existe espaço para um crescimento da oferta e para uma melhoria da mesma em termos de diversidade, qualidade e preço, com vista a atender às necessidades atuais de um nicho de mercado cada vez mais instituído.

E o que pensam os consumidores portugueses sobre a oferta vegana disponível? 

Paralelamente, foi também feito um estudo da percepção do consumidor sobre esta oferta, com mais de 2.000 participantes, sendo que 51,7% indicou que seguia uma alimentação ovo-lacto-vegetariana ou estritamente vegetariana (vegana), e 30,3% considerou-se como flexitariano (incluem pontualmente produtos de origem animal na sua alimentação). 

As preferências dos portugueses quanto a supermercados com oferta de produtos veganos coincide de algum modo com os resultados do ranking de retalhistas neste segmento, uma vez que as três empresas indicadas como preferidas (Aldi, Auchan, Continente) são também aquelas que constam no topo da tabela do RankingVeg.

Evwzf181pBEUPW Ks8tGJcJtu7lP pQEbslTAyZgi1aYTP8NspxpJfHJUSyDbEgXoZd 0Uz1iC1AjfdPt2EKSQqv16nj5JzJkwxKPYkl7ckBnepOqzCunPHpQD4Ja v62Vm1Dg=s0

Os resultados do inquérito conduzido pela AVP revelam também que, na sua maioria (72%), os consumidores de produtos veganos classificam como pouco satisfatória a oferta atual deste tipo de produtos no mercado português, e indicam que gostariam de ver mais variedade de produtos veganos nas prateleiras dos supermercados. Essa falta de opções sugere um grande potencial no que diz respeito ao desenvolvimento de produtos de base vegetal para um mercado em crescimento.

nalIY6 4y3UEiBZ9gzycp QfSP8h9RGX6NeH2QgHog0NfSIKBWeFciSCJ6fVHEbhBe9WcxgwgFKKh1 l9sNONrmguCp3D JMgbDS5cQxCRaZYtdijpHXaqK6vCRQO67Tx9 cbwCw=s0

Em termos de qualidade dos produtos, as categorias de produtos que apresentam maiores níveis de insatisfação por parte dos consumidores são as alternativas veganas a refeições prontas a levar (36.6%), as alternativas veganas aos queijos (34.0%) e as alternativas à carne que repliquem a sua textura e o sabor, como são os exemplos dos hambúrgueres e das salsichas (32.6%).

BauOBhAW4mnJac0LeqNJ1Azp9uEXMX927nH KoJIxuYcr63HqVCkYBzEKgEAYmwtxh6i8xzpGkxJJ6 Flh6WM875XbkAQwAubHdKPueijdNbK30l9MhVsmeRIDlK 8AqoyA4rAr8=s0

Principais motivos de insatisfação dos consumidores em relação à atual oferta vegana

  • O factor principal de insatisfação é claramente o preço, e muitos consumidores sugerem que o custo dos produtos veganos são ainda demasiado elevados;
  • Os consumidores esperam mais do sabor e da textura e/ou consistência dos produtos, principalmente nas categorias dos queijos, das alternativas à carne (hambúrguer, salsicha, tofu e seitan) e dos leites/laticínios;
  • A insatisfação dos consumidores quanto à artificialidade dos produtos revela a importância de se tentar produzir produtos veganos com ingredientes naturais;
  • Uma percentagem considerável de consumidores (cerca de um ¼ para algumas categorias) demonstra a sua insatisfação quanto ao uso de embalagens pouco sustentáveis.

Artigo da autoria de Tatiana Abreu

Este artigo foi útil?

Considera fazer um donativo

A AVP é uma organização sem fins lucrativos. Com um donativo, estarás a ajudar-nos a a criar mais conteúdos como este e a desenvolver o nosso trabalho em prol dos animais, da sustentabilidade e da saúde humana.

Considera tornar-te sócio

Ao tornares-te sócio da AVP, estás a apoiar a nossa missão de criar um mundo melhor para todos enquanto usufruis de inúmeros benefícios!

Queres receber todas as novidades?

Subscreve a newsletter AVP

Mais artigos em

Mais artigos em

Mais lidos

Subscreve

a Newsletter

Não percas um grão do que se passa!